Segundo o G1, os caminhões com carregamento da vacina deixaram a sede do Instituto por volta das 8h. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, e o diretor do Instituto, Dimas Covas, estiveram no local para acompanhar a liberação.

 

O Butantan espera um novo lote de insumo para produzir novas doses da vacina. A expectativa é de um carregamento chegue entre os dias 6 e 8 de abril.


São esperados ao menos 27 milhões de doses da CoronaVac e da vacina de Oxford no Brasil em abril, segundo divulgaram os institutos responsáveis pela fabricação, Butantan e Fiocruz respectivamente (leia mais aqui).

 

Com o novo carregamento, o total de vacinas oferecida por São Paulo ao PNI (Plano Nacional de Imunizações) chega a 36,2 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro. Até o dia 30 de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan ao país somará 46 milhões.

 

O Butantan realiza uma força-tarefa para seguir envasando, em ritmo acelerado, doses para a entrega ao Programa Nacional de Imunizações. Para dar conta da demanda, o instituto dobrou o quadro de funcionários na linha de envase, traz a reportagem.


Fonte: Bahia Notícias

Deixe seu Comentário